O antigo primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, está infetado com covid-19. A confirmação foi dada ao diário La Reppublica por um médico que está a acompanhar o caso, e mais tarde corroborada pelo partido Força Itália.

Os filhos de Silvio Berlusconi, Luigi e Barbara, também foram diagnosticados com a doença, avança a imprensa italiana.

O clínico Alberto Zangrillo, que dirige a unidade cardiovascular do hospital San Raffaele, em Milão, garante que o antigo chefe do executivo está assintomático, encontrando-se a cumprir isolamento profilático em casa.

Silvio Berlusconi, de 83 anos, foi diagnosticado com o novo coronavírus depois de ter feito um teste após uma estadia na ilha da Sardenha.

O partido Força Itália, que é dirigido pelo ex-primeiro-ministro, já enviou um comunicado à imprensa italiana, afirmando que Silvio Berlusconi "continua a trabalhar a partir da sua residência em Arcore, onde vai passar o período de isolamento".

De qualquer forma, vai continuar a apoiar o Força Itália e os candidatos do centro-direita nas eleições regionais através de entrevistas diárias", acrescenta a nota.

Silvio Berlusconi foi primeiro-ministro italiano nos períodos de 1994 a 1995, de 2001 a 2005, entre 2005 e 2006 e de 2008 a 2011.

Atualmente é o líder do partido Força Itália, sendo deputado europeu desde 2019.

António Guimarães