A noiva de Jamal Khashoggi pediu à Arábia Saudita os restos mortais do jornalista para poder fazer um enterro decente. Um pedido feito durante um discurso em Londres no memorial dedicado ao jornalista saudita. 

Rodeada de ativistas, políticos e jornalistas, a noiva de Jamal Khashoggi pediu justiça, num discurso emotivo.

Hatice Cengiz descreveu o noivo como um homem gentil, carinhoso e generoso e disse que ele escrevia sobre aquilo em que acreditava e não o que agradaria aos poderosos. 

A companheira de Jamal Khashoggi afirmou ainda que o noivo foi um mártir por uma causa: a luta pela democracia e pela liberdade.