Uma mulher de 70 anos morreu, este domingo, depois de cair cerca de 40 metros de um helicóptero que operava durante as buscas de salvamento no Japão. O tufão Hagibis já matou 35 pessoas, mas as autoridades contam com uma subida dos números. A idosa caiu do helicóptero na cidade de Iwaki, perto de Fukushima.

Segundo os meios de comunicação japoneses, a mulher não registiu aos ferimentos provocados pela queda do helicóptero. Ainda terá sido levada para o hospital, mas acabaria por morrer.

Cerca 170 pessoas ficaram feridas e há ainda 17 desaparecidos, de acordo com o último balanço das autoridades locais.

O governo japonês mobilizou 27 mil membros das Forças de Autodefesa (exército) para os trabalhos de socorro.

As autoridades nipónicas estão a apontar este como o pior tufão dos últimos 60 anos no país.