O genro de Donald Trump, Jared Kushner, está a ser investigado pelo FBI no âmbito das alegadas intervenções da Rússia nas eleições norte-americanas.

Em causas estão alegadas ligações do, agora, conselheiro da Casa Branca a um embaixador russo e um banqueiro de Moscovo, segundo o Washington Post, que cita fonte próxima da investigação.

Kushner pode não vir a ser o foco da investigação, esclarece o jornal norte-americano, nem foi ainda acusado de qualquer ilegalidade. No entanto, neste momento, o marido de Ivanka Trump está sob a mira do FBI.

O FBI “pensa que Kushner tem informações importantes para a sua investigação”, noticiou a cadeia televisiva NBC.

Além de Kushner, também o antigo conselheiro de Trump, Michael Flynn e o gestor da campanha do atual presidente dos EUA, Paul Manafort, estão sob investigação.