Os chefes de Estado e de Governo do sul da Europa, entre eles o primeiro-ministro de Portugal, António Costa, reúnem-se dia 10 de abril em Madrid para debater o Brexit e o futuro da União Europeia.

Fonte do Governo espanhol disse à Lusa que o presidente do executivo de Madrid estava a preparar este encontro há várias semanas e que só nesta quarta-feira foi possível confirmá-lo, o que aconteceu numa conferência de imprensa de Mariano Rajoy em La Valetta.

A reunião acontece, também, depois das polémicas declarações do presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, que disse que os países do sul "gastam dinheiro em copos e mulheres".

Trata-se da terceira cimeira entre os líderes de Portugal, Espanha, França, Itália, Grécia, Chipre e Malta depois de encontros idênticos realizados em 9 de setembro do ano passado em Atenas e em 28 de janeiro último em Lisboa.

A mesma fonte revelou que os chefes de Estado e de Governo irão partilhar ideias sobre os desafios que se colocam neste momento à União Europeia e sobre quais devem ser os seus interesses comuns.

Na última cimeira entre este grupo de países, em Lisboa, os líderes concordaram na necessidade de cooperarem para alcançar uma União Europeia "forte e unida", capaz de devolver a esperança aos cidadãos e combater populismos, num momento de instabilidade.