O presidente russo Vladimir Putin felicitou esta terça-feira Joe Biden pela eleição à presidência dos Estados Unidos demonstrando vontade em colaborar com o futuro chefe de Estado, apesar das más relações entre os dois países.

Pela minha parte estou disposto a uma colaboração e a contactos consigo", escreveu Putin num telegrama enviado a Joe Biden, de acordo com um comunicado do Kremlin.

O presidente russo foi um dos poucos dirigentes a esperar pelo voto do colégio eleitoral norte-americano que indicou na segunda-feira a vitória de Biden nas eleições.

Putin justificou a decisão sobre as eleições presidenciais referindo-se à incerteza sobre os resultados da votação devido à recusa de Donald Trump em reconhecer a derrota.

Vladimir Putin desejou sucesso ao presidente eleito e exprimiu a convicção de que a Rússia e os Estados Unidos (...) podem, apesar dos desacordos, resolver os numerosos problemas e desafios" mundiais, acrescenta o Kremlin no mesmo comunicado.

Joe Biden prometeu firmeza em relação à Rússia acusando, nomeadamente, Moscovo de ingerência no sistema eleitoral norte-americano nas eleições de 2016 que deram a vitória a Donald Trump.

/ CE