A agência norte-americana de notícias Associated Press, o jornal The Philadelphia Inquirer e o sítio de notícias The Huffington Post foram distinguidos com os Prémios Pulitzer de jornalismo da Universidade de Columbia, em Nova Iorque.

A Associated Press recebeu o prémio pela investigação sobre o programa de vigilância da polícia de Nova Iorque a cidadãos muçulmanos, na cidade, e The Philadelphia Inquirer, pela cobertura da violência nas escolas.

O sítio de notícias na Internet The Huffington Post recebeu o primeiro Pulitzer pelos trabalhos sobre veteranos de guerra do Iraque e do Afeganistão, no regresso à vida civil.

O jornal The New York Times foi distinguido com dois prémios Pulitzer na área da reportagem internacional.

O Pulitzer da melhor obra teatral foi para a escritora de origem portorriquenha Quiara Alegría Hudes, pela peça «Water by the Spoonful», sobre um antigo soldado no Iraque.

O prémio de ficção literária, um dos mais aguardados no meio editorial, não foi atribuído.

Os prémios Pulitzer distinguem trabalhos de excelência na área do jornalismo, fotojornalismo, literatura e música, e são atribuídos desde 1917 pela Universidade de Columbia, nos Estados Unidos.