«A minha reacção foi natural, como a de qualquer iraquiano»





o irmão do condenado referiu que o Iraque não possui uma justiça livre e independente.