Um youtuber, antigo funcionário de um jardim zoológico e ex-candidato a governador do Oklahoma foi condenado esta quarta-feira a 22 anos de prisão por ter contratado um assassino para matar uma fundadora de uma reserva de animais selvagens.

Joseph Allen Maldonado-Passage, de 56 anos, também conhecido nas redes sociais como “Joe Exótico”, tentou encomendar a morte de Carole Baskin, a dirigente da Big Cat Rescue, uma associação que luta contra os maus tratos de felinos.

Carole Baskin criticou várias vezes os vídeos de Joseph com tigres, publicados no Youtube, chamando-os de "crueis" e "inaceitáveis".

Joseph, que mantém a sua inocência até hoje, foi ainda condenado em abril passado por matar cinco tigres, vender crias de tigres e falsificar registos do jardim zoológico.

Numa publicação no Facebook, Joseph escreveu que espera ansiosamente que os seus advogados entreguem o recurso à sentença.

“Quero sair deste pesadelo. Pode demorar algum tempo, mas vou vencer isto”, escreveu.

 

A acusação disse que Joseph ofereceu dez mil dólares (cerca de nove mil euros) a um agente infiltrado do FBI para assassinar Carole Baskin durante uma reunião. A conversa entre os dois foi gravada e exibida em tribunal.

Joseph é ouvido a dizer: “segue-a até ao parque de estacionamento, "dá-lhe um tiro e foge”.

/ HCL