A Ritter Sport venceu uma batalha legal com décadas contra a Milka por causa da patente do chocolate quadrado. A decisão do Tribunal de Justiça Federal da Alemanha foi conhecida esta quinta-feira.

A história dos chocolates quadrados da Ritter Sport remonta a 1932, quando Clara Ritter teve a ideia de criar um chocolate com um formato que coubesse “no bolso do casaco” de qualquer pessoa e pudesse. Durante anos, a Ritter produziu estes chocolates, mas a patente só foi registada em 1993.

Em 2010, a Milka lançou as suas tabletes de chocolate quadradas na Alemanha veio abalar o “monopólio dos chocolates quadrados”.

A Ritter Sport processou a Milka e perdeu numa primeira instância, mas a decisão foi entretanto revogada.

O Tribunal de Justiça Federal alemão vem agora dar razão à Ritter Sport, argumentando que a forma do chocolate pode confundir os consumidores e levá-los a acreditar que ambos os chocolates vêm do mesmo produtor e que têm a mesma qualidade.

No acórdão, os juízes concluem que não há valor artístico na forma dos chocolates e que a forma quadrada, só por si, não conduz a uma diferença de preço.

Na prática, a decisão do tribunal vem ditar que a Ritter Sport seja a única a comercializar barras de chocolate quadradas nas lojas da Alemanha.

Manuela Micael