O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, anunciou este domingo eleições gerais antecipadas para 20 de setembro, apenas dois anos após as últimas eleições e numa altura em que o país enfrenta a quarta vaga da pandemia.

Trudeau encontrou-se hoje com a Governadora Geral do Canadá, Mary Simon, que assume as funções de Chefe de Estado em nome da Rainha da Inglaterra, e solicitou a dissolução do Parlamento.

Em 2019, os liberais conquistaram 157 dos 338 lugares na Câmara Baixa do Parlamento, pelo que, ao longo dos últimos dois anos, Justin Trudeau teve de governar em minoria.

As últimas sondagens indicam que o Partido Liberal de Trudeau se prepara para vencer novamente as eleições, embora alguns peritos alertem que a evolução imprevisível da quarta vaga da pandemia pode causar uma reviravolta eleitoral.

Agência Lusa / MJC