Depois de uma mãe do estado norte-americano do Colorado descobrir que os seus dois filhos adotivos tinham um terceiro irmão a precisar de um lar, partiu em busca da criança para a tornar parte da família.

A história de Katie Page já se tinha tornado viral em 2019 quando descobriu que Grayson, a primeira criança que adotou, partilhava a mesma mãe biológica de Hannah, adotada em 2018 .

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Oh my, I love to dress the kids all matching ❤️ • We enjoyed the hot, sunny day on our tailgate watching @frontrange_cc at the Fairgrounds. • These suits (which actually include matching gray suit jackets) finally made their debut. We had intended them for Jackson’s adoption day but after months of waiting, I was afraid we might outgrow them so we had better bring them out! • Plus, if the adoption date we have on the calendar holds... we have a special day planned and these suits won’t fit the occasion. • It might only be weeks now instead of months that we FINALLY show Jacksons’s face! 🙏🤞🙏🤞 • Hope y’all had an amazing weekend! • #matchingoutfits #matchymatchy #toddlersofinstagram #fostercare #adoption #chooselove #momlifeisthebestlife #southernmama

A post shared by Katie Page | Wood + Grace (@woodandgraceblog) on

 

 

Dois anos após Page ter adotado Hannah, ouviu falar sobre Jackson, de 1 ano, irmão biológico de Hannah e de Grayson.

No momento em que o agarrei pela primeira vez fiquei tão alegre”, disse Page no programa Good Morning America. “Este é o irmão deles. Esta é a sua família”.

Grayson foi adotado por Katie Page em maio de 2017 e, cerca de um mês depois, recebeu uma chamada sobre Hannah que também precisava de um lar. Imediatamente depois de a acolher e sem saber que eram irmãos biológicos, Katie começou a observar parecenças entre as crianças.

Traços entre os bebés eram demasiado semelhantes. Ambos tinham uma covinha no queixo”, disse Katie à revista PEOPLE em 2019.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

This sweet boy... MY boy ❤️ • We went back to the doctor tonight for the second time since we returned home for a stomach virus that has been consistent for the last 18 days. He calmly watch without a single tear while they took 3 vials of blood trying to do more testing to find out what’s wrong. He is a brave and strong boy! • Praying we get some answers soon... you definitely wouldn’t have a clue from his demeanor that he’s sick other than he’s a extra clingy to mama. • Ps. I uploaded all the links for our adoption day outfits from @okolifestyle to my blog along with all the other faves from our shopping day! Follow the link in my profile to woodandgrace.net 🙌 • 📸 @ashleycreativeco • #gotchaday #adoptionday #fostercare #chooselove #fostertoadopt #okolifestyle #sickboy #toddlersofinstagram #momlife #momlifeisthebestlife #mavenwest

A post shared by Katie Page | Wood + Grace (@woodandgraceblog) on

 

Mãe solteira, Page, disse que a família e os amigos não conseguiam acreditar na possibilidade de Hannah e Grayson serem irmãos. Mas um teste de ADN ditou o fim do mistério e facilitou o processo de adoção de Hannah.

Os mesmos contornos voltaram a aparecer na vida de Page quando descobriu sobre a existência de Jackson este ano.

A mãe biológica deu informações falsas e ele estava pronto para ser entregue a outra família”, disse no programa Good Morning America, sublinhando que quando “Jackson chegou” sentiu que o melhor que lhe podia dar era “uma família e irmãos com os quais se identificasse e se sentisse ligado emocionalmente”.

No dia 25 de junho, Page finalmente concluiu o processo de adoção de Jackson. A cerimónia de adoção foi feita através de videoconferência com cerca de 30 pessoas a assistir.