As autoridades francesas já deduziram acusação a 10 suspeitos, no caso do assalto a Kim Kardashian, em outubro do ano passado, em Paris. O assalto rendeu, na altura, 10 milhões de euros.

A polícia francesa já deteve 17 pessoas por suspeitas de ligação ao caso. Um dos detidos é motorista da empresa que a família Kardashian contrata sempre que algum dos elementos se desloca a Paris.

Na quinta-feira, foi anunciada a dedução da acusação quatro dos suspeitos. Esta sexta-feira, as autoridades anunciaram a dedução da acusação a mais seis.

A Procuradoria de Paris sublinha o “trabalho memorável” das autoridades francesas no caso.

Os assaltantes terão forçado a entrada no apartamento de luxo onde Kim Kardashian estava hospedada, durante a estadia em Paris.

As autoridades trabalham com suspeitas de crimes como roubo à mão armada, criminalidade organizada, sequestro, associação criminosa e posse ilegal de armas.

Redação