Em Angola, a população está alarmada com a desvalorização vertiginosa da moeda nacional.

O Banco Nacional Angolano deixou de impor o limite de uma variação máxima de 2% nos leilões de divisas, o que permite a oscilação livre do kwanza.

No mercado paralelo, o dólar já é trocado por 620 kwanzas e o euro por 600 kwanzas. São os valores mais altos de sempre registados no câmbio de rua.

Desde o princípio do ano, a moeda já caiu 32% e só este mês a queda foi de 18%.

Segundo a Bloomberg, a moeda angolana teve o pior desempenho das 140 divisas monitorizadas pela agência financeira.

Tudo isto acontece no mesmo mês em que o IVA entrou em vigor no país, o que levou a um ambiente de contestação nas ruas.