A Coreia do Norte realizou esta quinta-feira mais uma parada militar com grande pompa e circunstância. Na celebração dos 73 anos da fundação do país, uma fotografia não passou despercebida. Várias pessoas apareceram no desfile com equipamento de proteção contra ameaças químicas ou biológicas, o mesmo que se tem visto por todo o mundo desde que chegou a pandemia da covid-19.

Vestidos de laranja da cabeça aos pés e com máscaras de gás, os militares foram a grande novidade do desfile, que se realizou durante a madrugada.

Quem também apareceu foi o líder norte-coreano. Kim Jong-un não falou à população, mas apareceu sorridente junto das câmaras.

Kim Jon Un no desfile dos 73 anos da Coreia do Norte

Através de uma plataforma montada na praça Kim Il-sung, o líder supremo do país acenou às milhares de pessoas que atenderam ao evento.

Segundo a CNN, alguns especialistas norte-coreanos deram conta de que Kim Jong-un perdeu peso, o que vem sustentar as notícias divulgadas pelos meios de comunicação estatais de que o líder tinha emagrecido.

Durante o desfile, vários aviões voaram pelos céus de Pyongyang, disparando chamas e permitindo que paraquedistas descessem durante a noite.

Nas ruas, e além do contingente laranja, participaram também a banda militar e a unidade de emergência para a prevenção de doenças.

Além das figuras laranjas, não se vislumbraram mais imagens de pessoas com máscaras, sendo que a Coreia do Norte não divulgou a existência de grandes surtos de covid-19 até ao momento.

António Guimarães