O vulcão Cumbre Vieja entrou em erupção no domingo, e assim deve continuar durante as próximas semanas, sendo que as previsões apontam que podem ser até 84 os dias em que o fenómeno continua.

O fumo e a lava tornaram-se parte da ilha de La Palma, nas Canárias, mas as imagens começam a chegar mais longe. A partir do Espaço, o astronauta francês Thomas Pesquet fotografou uma imagem da erupção, na qual é percetível a densa nuvem de fumo e cinza e também a lava incandescente.

Segundo o astronauta, que está na Estação Espacial Internacional, "o brilho laranja no meio do escuro é ainda mais impressionante".

A lava lançada pelo vulcão Cumbre Vieja cobre agora mais de 166 hectares e destruiu 350 edifícios, de acordo com os últimos dados do sistema europeu de observação da terra Copérnico.

 

António Guimarães