Há uma nova boca eruptiva aberta a sudeste do cone principal do vulcão Cumbre Vieja, em La Palma, nas Canárias.

De acordo com o Instituto Vulcanológico das Ilhas Canárias (Involcan), o vulcão está a expelir cinzas e fragmentos de rochas de vários tamanhos, processo considerado "normal" pelo diretor técnico provisório de Pevolca, Rubén Fernández, de acordo com o jornal espanhol El Mundo.

Durante a manhã desta sexta-feira, a ilha de La Palma voltou a registar um sismo de 4,5, o de maior magnitude desde que a erupção do vulcão começou, no dia 19 de setembro.

O tremor de terra, localizado a uma profundidade de 36 quilómetros e registado às 7:02 (a mesma hora em Lisboa), tem a mesma magnitude que outro registado na quinta-feira na mesma zona e a uma profundidade semelhante, de acordo com o Instituto Geográfico Nacional espanhol (IGN).

Recorde-se que já esta quinta-feira, as autoridades das Canárias decidiram retirar mais 300 habitantes das suas casas na ilha de La Palma, devido ao esperado avanço do fluxo de lava do vulcão Cumbre Vieja.

Fontes do governo regional do arquipélago das Canárias disseram à agência Efe que a área afetada vai ao longo da estrada entre as povoações de La Laguna e Tazacorte e é contígua ao limite do perímetro já anteriormente evacuado.

Redação / BMA