A praia indiana de Versova tornou-se viral nas redes sociais. Conhecida por ser uma das mais sujas de Bombaim, a praia sofreu uma transformação radical, através da ajuda de voluntários locais. A mudança foi de tal forma significativa que já foi considerada, pelas Nações Unidas, como o maior projeto de limpeza de uma praia a nível mundial. 

Afroz Shah, um jovem advogado de 33 anos, começou a limpar a praia em 2015, com a ajuda de um vizinho.

Mudei-me para um apartamento novo há dois anos e vi o plástico na praia. Qualquer um se podia afogar em plástico”, recordou Shah à CNN.

Pouco tempo depois, já se lhes tinham juntado mais de mil voluntários - anónimos, políticos e até celebridades de Bollywood.

No ano passado, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) reconheceu o mérito da iniciativa e atribuiu a Afroz Shah o título de “Campeão da Terra”.

Durante 21 meses, o grupo recolheu 5,3 milhões de quilos de lixo, numa extensão de 2,5 quilómetros da praia.

Shah revelou à CNN que não pretende ficar por aqui. Quer plantar 5.000 coqueiros na praia e transformá-la numa “lagoa de côco, como costumava ser”.

No último sábado, o ambientalista fez um post no Twitter, em que se pode ver a praia de Versova após 85 semanas de limpeza.

Em poucos dias, o post obteve mais de 14 mil likes e foi retweetado quase 6500 vezes.

Vebkaiah Naidu, ministro indiano do Desenvolvimento Urbano, também usou a mesma rede social para elogiar o trabalho de Shah e do grupo de voluntários.

Segundo o PNUMA, 13 milhões de toneladas de resíduos de plásticos chegam aos oceanos todos os anos. Isto equivale, segundo a CNN, ao despejo de dois camiões de lixo no oceano, por minuto. Este lixo é uma ameaça para os ecossistemas marinhos e também para os seres humanos.

A praia está cercada por favelas, potencialmente mais sujas e, por causa da direção do vento, o lixo chega facilmente à praia de Versova. Nunca foi uma praia muito popular entre os turistas e, à medida que foi perdendo visitantes, também o interesse em manter a praia limpa foi sendo ignorada pelo município. 

Em janeiro, e motivado pela iniciativa de Shah, o Tribunal Ambiental da Índia proibiu o uso de plásticos descartáveis na capital Nova Deli.