Pelo menos 17 crianças e seis adultos ficaram feridos, esta terça-feira, depois de um avião da Delta Airlines, que ia aterrar no aeroporto de Los Angeles, ter despejado combustível sobre uma escola.

O combustível atingiu as crianças que brincavam no recreio da escola primária de Park Avenue, em Cudahy, localizada a apenas 19 quilómetros do aeroporto de Los Angeles.

No local estiveram 70 bombeiros e paramédicos.

De acordo com a CNN,o avião comercial - um Boeing 777 - sofreu um problema mecânico. A Administração da Aviação Federal já confirmou que o voo 89 da companhia Delta Airlines com destino a Shangai, na China, declarou uma emergência pouco depois de ter descolado e regressou de imediato ao aeroporto.

Adrian Gee, porta-voz da compania aérea, confirmou a emergência a bordo e que o avião tinha aterrado em segurança após "uma libertação de combustível de emergência para reduzir o peso na aterragem".

Um vídeo divulgado no YouTube mostra esta libertação de combustível através das asas. Em declarações à CNN, Alan De Leon, que filmou o vídeo, revelou que ouviu um assobio alto e que sentiu o cheiro a combustível e irritação nos olhos.