O português Luís Miranda foi reeleito no domingo, pela nona vez, presidente da Câmara Municipal de Anjou, em Montreal, na província canadiana do Quebeque.

Teve um sentimento diferente devido à pandemia. A campanha foi mais difícil de realizar, não sabíamos muito bem quais os resultados, porque visitámos menos eleitores do que em circunstâncias normais, mas foi o melhor resultado que tive até agora”, disse o autarca à agência Lusa.

Nas eleições municipais de domingo, quando estavam contadas 104 das 116 mesas de voto, o português tinha 7.232 votos (70.84 %). 

Esta reeleição de Miranda também contou com o apoio de cerca de mil eleitores portugueses residentes naquela vila.

Eles estiveram a apoiar-me, pelo menos a maioria. É um grande orgulho poder contar com o apoio da comunidade portuguesa”, declarou.

Luís Miranda, de 67 anos, natural de S. Miguel (Açores), foi eleito pela primeira vez como vereador, em 1987, e ‘mayor’ de Anjou, em 1997, quando a cidade não integrava a zona urbana de Montreal. Desde 2001, altura em que a vila foi incorporada, tem sido eleito presidente da autarquia até agora. 

O executivo do município de Montreal não terá maioria na assembleia municipal, "algo que é positivo", na opinião do autarca.

Somos um bairro de Montreal, é uma vantagem para os cidadãos (minoria). Porque a presidência da autarquia tem de colaborar com os bairros, como Anjou”, realçou.

Para o novo mandato, o português diz que o grande projeto que tem pela frente “é o desenvolvimento de uma linha de metro” em Anjou, para tal, será importante o apoio do município de Montreal.

Nestas eleições municipais de 2021, Luís Miranda decidiu apoiar Denis Coderre em detrimento da ‘mayor’ reeleita Valérie Plante. 

Ela (Plante) tem apostado numa política do meio ambiente. É importante, mas também há que ter em atenção o desenvolvimento económico”, criticou.

A líder do Projeto Montreal liderava esta madrugada com mais de 13 por cento, com 52 % dos votos, perante Coderre, com 37,5%.

Há quase 60 anos no Canadá, Luís Miranda foi o primeiro português presidente de uma Câmara Municipal na América do Norte.

Com 46 mil residentes, mais de mil são portugueses e lusodescendentes, Anjou é um dos maiores bairros industriais de Montreal.

/ NM