Um casal de emigrantes portugueses a residir no Luxemburgo morreu na madrugada deste domingo num acidente de viação em França, quando regressava ao Luxemburgo, após ter estado em Portugal. O filho, um bebé de 14 meses, escapou ileso.

Confirmo o falecimento de um casal de portugueses que se dirigiria para o Luxemburgo, de regresso do seu país”, afirmou José Luís Carneiro, secretário de Estado das Comunidades portuguesas, adiantando que o casal “estava acompanhado por uma criança de 14 meses que, neste momento, está no Hospital de Clocheville de Tours, em França, tudo indicando que se encontra bem”.

Segundo informação no site do Contacto, semanário luxemburguês em língua portuguesa, o acidente que vitimou o casal envolveu cinco viaturas e aconteceu pelas seis da manhã na A10, estrada que liga Paris a Bordéus, perto de Blois, no departamento de Loir-et-Cher.

O secretário de Estado das Comunidades acrescentou que as vitimas “são naturais do município de Pombal, distrito de Leiria, e regressavam ao Luxemburgo”.

O Hospital de Clocheville de Tours está, por sua vez, em contacto com “uma unidade hospitalar do Luxemburgo que [também] está acompanhar a situação da evolução da criança”, acrescentou o governante.

O comandante da segurança rodoviária de Loir-du-Cher, citado pelo Contacto, disse à AFP que o bebé foi transportado por precaução para o hospital de Clocheville de Tours. As vítimas mortais tinham 32 e 34 anos. 

Mais quatro pessoas ficaram feridas no acidente, duas em estado grave, e a A10 esteve cortada ao trânsito durante várias horas na manhã deste domingo.