Um conjunto de 3.471 diamantes, 2.479 gramas de ouro 18 quilates, 5.892 gramas de prata, além de topázio e pérolas: é esta a composição do perfume mais caro do mundo. Shumukh foi lançado no Dubai, na semana passada. Custa nada mais, nada menos que 1,295 milhões de dólares (cerca de 1,141 milhões de euros). Entrou no livro do Guinness, o Guinness Book. 

A peça une a arte da perfumaria e da joalheira e apresenta-se como uma síntese do luxo. O design da garrafa que contém três litros de perfume faz referência à história e à herança cultural do emirado do Dubai através de sete elementos:

  • Durra, a maior pérola já encontrada
  • Baz, o falcão imperial
  • Amaal, a cidade do futuro
  • Abjar, o nobre corcel
  • Narjesi, a rosa florida eterna
  • Haibah, o diamante mais precioso
  • Diwan, a casa dos heróis

O perfume pertence à linha Spirit of Dubai da Nabeel Perfumes, e foi feito pelo empresário e mestre perfumista Asghar Adam Ali (Al Attar). O criador aparece ao lado do estojo do perfume, que tem 1,97 m de altura. De acordo com Asghar Adam, o perfume é uma extensão da sua personalidade criativa e do seu carinho por peças únicas.

Composição

De acordo com o fabricante, o perfume foi desenvolvido ao longo de três anos e depois de 494 tentativas para chegar à fórmula. Shumukh tem notas de âmbar, sândalo, almíscar, rosa turca, incenso, patchouli, Ylang-ylang e Agarwood indiano. Permanece por 12 horas na pele e durante cerca de 30 dias em tecidos. 

O perfume já está na lista do Guinness Book e fica em exibição até o dia 30 de março no Dubai Mall. No entanto, os compradores terão que esperar entre quatro a seis meses para entrega dos pedidos, pois cada peça é feita sob encomenda.