O Independiente Del Valle, treinado pelo português Renato Paiva, foi eliminado na noite de quarta-feira da Taça Sul-Americana, ao empatar 1-1 no Brasil, ante o RB Bragantino, na segunda mão dos oitavos de final.

Depois da derrota caseira por 2-0 no Equador, um golo de Fernando Guerrero, aos quatro minutos, acalentou as esperanças da equipa comandada por Renato Paiva.

Contudo, o Bragantino ganhou mais tranquilidade para sentenciar a eliminatória já na segunda parte, aos 52 minutos, ao marcar por Tomás Cuello.

Ao contrário do Independiente, a outra equipa em prova comandada por um técnico português, o Athletico Paranaense de António Oliveira, conseguiu apurar-se para os quartos de final: venceu o América de Cali na terça-feira.