Uma mulher que passou por grandes complicações depois de ter sido infetada com Covid-19, e que deu à luz em coma induzido, conheceu o filho pela primeira vez no dia em que teve alta hospitalar.

Yanira Soriano, de 36 anos, deu entrada no Southside Hospital, em Suffolk, Nova Iorque, com uma pneumonia provocada pelo novo coronavírus. Foi de imediato fortemente medicada e ligada a um ventilador. 

No dia seguinte, foi submetida a uma cesariana de urgência, uma vez que tanto Yanira como o filho corriam risco de vida. O pequeno Walter nasceu às 34 semanas de gestação. 

De acordo com a CNN, esta mulher esteve 11 dias ligada a um ventilador e em coma induzido. 

Ao final de todo o processo, Yanira venceu a batalha contra a Covid-19, teve alta hospitalar e pegou no filho recém-nascido pela primeira vez. O momento, gravado por um profissional de saúde do hospital, foi marcado por gritos de alegria e fortes aplausos.

Durante a recuperação da mãe, Walter esteve num hospital pediátrico e teve alta na terça-feira.

Os médicos não sabiam se Yanira iria sobreviver, mas hoje ela e filho estão em casa saudáveis e seguros. 

Catarina Cardoso