A ativista paquistanesa Malala Yousafzai anunciou esta terça-feira que se casou. Através do Instagram, a mulher, que foi laureada com o Prémio Nobel da Paz em 2014, fala num "dia precioso".

Hoje é um dia precioso na minha vida. Eu e o Asser casámos para sermos companheiros para a vida. Celebrámos uma pequena cerimónia nikkah [casamento muçulmano] em casa, em Birmingham, com as nossas famílias", escreveu a jovem de 24 anos.

 

 

 

A ativista pede aos mais de dois milhões de seguidores que "rezem" pelo casal.

Malala Yousafzai casou com Asser Malik, diretor-geral do Centro de Alta Performance do Conselho Paquistanês de Críquete, e que representa a cidade de Lahore.

A paquistanesa ganhou notoriedade em 2012, ano em que, com apenas 15 anos, foi baleada na cabeça por um membro dos talibãs. Acabou por embarcar para Inglaterra, onde recebeu tratamento.

Quatro anos mais tarde recebeu o Prémio Nobel da Paz, aos 17 anos, tornando-se na pessoa mais jovem a receber a distinção.

Continuou depois a viver em Inglaterra, tendo terminado no ano passado um curso superior em Filosofia, Política e Economia pela Universidade de Oxford.

António Guimarães