Um homem embriagado fez explodir a sua própria habitação, enquanto os três filhos estavam no interior, após uma discussão com a esposa.

O incidente ocorreu em Manchester, no Reino Unido, quando Clinton Parren, de 43 anos, colocou uma lata de gás perto de um fogão ligado causando uma explosão de grandes dimensões.

As janelas da casa ficaram desfeitas, as portas foram arrancadas das dobradiças e o teto foi levantado do seu suporte. De acordo com a polícia local, a explosão gerou "caos extremo" e "pânico absoluto" pouco depois da meia-noite de 30 de dezembro de 2020.

Parren, a esposa, de 32 anos, e as três crianças na propriedade escaparam ilesos, relata o Manchester Evening News.

No momento da explosão, o casal estava a beber após uma discussão ter sido iniciada pela hipótese de a esposa de Parren o deixar por um homem mais novo.

Presentes esta sexta-feira em tribunal, o homem sublinhou que tinha uma "insegurança persistente" porque a esposa era mais jovem do que ele. O casal estava junto há dez anos.

Na sequência do incidente, o juiz decretou-lhe uma pena de prisão de três anos e meio, justificando a decisão com o comportamento “terrível e extremamente perigoso” levado a cabo pelo pai de família.

Redação / HCL