Milhares de pessoas manifestaram-se hoje junto à sede da Comissão Europeia, em Bruxelas, reivindicando melhores condições de trabalho e proteção, um mês antes das eleições europeias.

De acordo com a Associated Press (AP), delegados sindicais de vários Estados-membros desencadearam um protesto pacífico, alegando que as atuais regras europeias contemplam poucos incentivos para os trabalhadores.

O único caminho para salvar a Europa e a democracia é assegurarmo-nos que os trabalhadores podem, efetivamente, beneficiar dos seus direitos”, disse, citado pela mesma fonte, o secretário-geral da confederação European Trade Union, Luca Visentini.

A polícia estima que estiveram presentes 4.600 pessoas na manifestação, enquanto a confederação aponta para cerca de 8.000.