O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, felicitou, este domingo, Mariano Rajoy pela sua investidura como chefe do Governo espanhol, a quem pediu “estabilidade política e coesão social” para o mandato.

Confio que nos próximos anos e sob a sua liderança Espanha tenha estabilidade política e coesão social necessárias para responder aos desafios atuais”, disse Tusk numa carta enviada a Rajoy.

Na missiva, Tusk insiste na necessidade de “consolidar a recuperação económica da Europa, implementar uma solução duradoura e definitiva para a crise migratória, e com respostas adequadas às crises geopolíticas”.

O líder do Partido Popular espanhol, Mariano Rajoy, foi, este sábado, eleito presidente do governo espanhol, graças à abstenção da maioria dos deputados do PSOE, colocando um fim à crise política que se arrastava há 10 meses em Espanha.

O rei de Espanha, Felipe VI, já assinou, na sua residência oficial, Palácio da Zurzuela, nos arredores de Madrid, o Decreto Real com a nomeação de Rajoy para o cargo.

Poucos minutos antes, Felipe VI tinha recebido a presidente do Congresso dos Deputados, Ana Pastor, que lhe comunicou oficialmente que o Congresso dos Deputados tinha votado a investidura do candidato do Partido Popular (direita) por 170 deputados a favor, 111 contra e 68 abstenções.

Depois da publicação do Decreto Real no Boletim Oficial do Estado espanhol o novo presidente do Governo terá de tomar posse numa cerimónia em que irá prestar juramento para o cargo, que se deve realizar na segunda-feira, embora ainda não haja confirmação oficial.