Uma jovem de 15 anos morreu no passado domingo, eletrocutada pelo telemóvel enquanto tomava banho. Segundo o jornaç francês La Provence, a jovem vivia com os pais e os irmãos em Marselha e foi encontrada pelo pai em paragem cardíaca na banheira, com o telemóvel dentro de água. O smartphone estava a carregar ligado a uma tomada. 

Tenho três filhos, é sempre uma guerra para não levarem o telefone para a casa de banho", contou o pai de Tiffenn, a adolescente que morreu, à imprensa. "Chamámo-la e não tivemos resposta. Partimos a porta para entrar na casa de banho. A Tiffenn estava deitada, o telefone estava na água e descobrimos que o carregador estava ligado a uma ficha na casa de banho. Não consegumos reanimá-la", explicou.

Segundo a família, a autópsia confirmou a morte por eletrocussão.