Nicole McDonald, a mãe dos gémeos siameses separados na semana passada, pegou ao colo no filho Jadon pela primeira vez após a operação.

Foi um dos momentos mais profundos da minha vida”, explicou à CNN.

O momento aconteceu depois dos médicos removerem o tubo de respiração de Jadon, uma semana depois da cirurgia de 27 horas para separar os dois irmãos, que nasceram unidos pela cabeça.

Nicole esteve com o bebé ao colo durante cerca de duas horas. Já antes da operação, a mãe tinha explicado que estava ansiosa por pegar nos filhos: “Não há nada mais difícil do que ouvir os nossos filhos a chorar e não os podermos pegar”.

Este domingo de manhã, Nicole explicou finalmente, via Facebook, como foi ter um dos filhos nos braços pela primeira vez:

Sonhei com este momento durante 13 meses”, escreveu. “Olhei a cara angelical do Jason e viu-o de uma forma que nunca tinha visto.”

Agora, em vez de envolver o meu corpo em volta dele na cama, balancei-o nos meus braços.”

O marido de Nicole, Christian McDonald, estava fora do hospital quando finalmente foi possível pegar em Jadon ao colo, mas rapidamente acorreu para junto da mulher.

Eu estava simplesmente feliz. A Nicole conseguiu pegar nele. Era o nosso desejo desde o dia em que eles nasceram. É um momento especial para uma mãe.”

Os pais aguardam agora poder fazer o mesmo com Anias, cuja recuperação está a ser mais demorada, já que já teve alguns problemas respiratórios antes da cirurgia. Os médicos já calculavam que a sua recuperação iria demorar mais do que a do irmão.

Anias e Jadon Mcdonald, unidos pela cabeça desde o nascimento, separados com sucesso pelos médicos do Hospital Pediátrico do Centro Médico de Montefiore no Bronx, Estados Unidos.