Dez altos responsáveis do Hamas na Cisjordânia foram detidos esta quinta-feira de madrugada pelo exército israelita, indicaram o movimento islamita palestiniano e fontes militares. Vários deputados do Hamas no Parlamento palestiniano e membros da sua direcção política na Cisjordânia figuram entre as pessoas detidas, revelaram as mesmas fontes.

De acordo com notícia avançada pela Agência Lusa, em Nablus, no norte da Cisjordânia, o exército deteve Nasseredine Al-Chaër, antigo vice-Primeiro-ministro no governo dominado o Hamas, bem como dois elevados responsáveis do movimento islamita, Adnane Asfour e Issam Al-Ashqar.

Na região de Ramallah, o exército interpelou o deputado Abdel Qader Fouqaha, o responsável político Farhat Assaad e o presidente da câmara municipal da localidade vizinha de El-Bireh, Jamal al-Tawil, prosseguiram as mesmas fontes.

Outro deputado, Ayman Daraghmeh, foi detido na região de Jénine, mais a norte.

O exército revelou em comunicado ter detido «dez quadros importantes da direcção do Hamas na Cisjordânia».
Redação / MM