A NATO anunciou esta terça-feira a retirada temporária de parte da sua força do Iraque, depois de ter suspendido a sua missão de treino de militares iraquianos, no meio da escalada de tensão no Médio Oriente.

Estamos a tomar todas as precauções necessárias para proteger o nosso pessoal. Isso inclui o reposicionamento temporário de parte dos funcionários em diferentes lugares, dentro e fora do Iraque”, disse um responsável da NATO, citado em comunicado.

O mesmo responsável acrescentou que a NATO vai manter “uma presença no Iraque”.

A NATO já tinha anunciado a suspensão da missão de treino de soldados do Iraque, em sintonia com a posição das forças armadas norte-americanas, que decidiram terminar esse programa, para concentrar os seus esforços na proteção das suas instalações na região.

/ HCL