Dez jovens, com idades entre os 15 e os 25, foram detidos por violação coletiva de uma rapariga de 14 anos, noticia a agência espanhola EFE, nesta sexta-feira.

O caso ocorreu na madrugada de sábado para domingo, em Xàtiva, na região de Valência, durante uma festa que juntou cerca de uma centena de jovens.

A vítima, que apresentou queixa no mesmo dia, contou à polícia que foi violada por vários jovens e que outros assistiram sem nada fazer para impedir a agressão, num total de cerca de 20 pessoas. A menor terá sido abordada em grupo, sujeita a toques e depois forçada a praticar vários atos sexuais.

A Guardia Civil não descarta a possibilidade de fazer mais detenções, apurou a EFE junto de fonte da investigação.

A vítima, cuja identidade foi preservada, recebeu tratamento hospitalar e está a ser acompanhada a nível psicológico. 

As autoridades apuram, ainda, se a menor poderá ter sido drogada durante a festa.

Alguns dos suspeitos negaram já as acusações, alegando que tudo não passou de relações sexuais consentidas.

Fonte da Guardia Civil adiantou, também, que a investigação está bastante avançada e que apurou já a maior parte dos factos.

Redação / CM