Lol Kin Castaneda e Judith Vazquez tornaram-se esta quinta-feira, no México, as primeiras mulheres que puderam casar-se na América Latina, graças à legalização do casamento homossexual, aprovada em Dezembro, na capital mexicana, escreve a Lusa.

A este casal seguiu-se outra dupla feminina e duas masculinas, que assinalaram o matrimónio numa cerimónia colectiva transmitida pela televisão.

A Cidade do México, administrada pela esquerda, minoritária ao nível nacional, legalizou o casamento homossexual a 21 de dezembro, uma estreia na América Latina.