"Nos primeiros tempos, a doação de sangue será aberta aos homossexuais que não tenham tido relações sexuais com outro homem nos últimos 12 meses. Os homossexuais poderão doar plasma se estiverem numa relação estáveis há mais de quatro meses ou se não tiveram relações sexuais no mesmo período de tempo".


"Ou seja, vamos fazer os questionários para serem preenchidos pelos doadores de sangue, para precisar as condições para os homossexuais, mas também para heterossexuais com práticas de risco, como por exemplo, prostitutas»


Redação / AM