A final do concurso Miss Sri Lanka foi marcada por uma polémica que não deixou ninguém indiferente. A vencedora deste ano da maior competição de beleza do país, Pushpika de Silva, acabou por ser hospitalizada depois de a vencedora de 2019, Caroline Jurie, lhe ter arrancado a coroa da cabeça. 

Tudo aconteceu porque Caroline considerou que as regras do concurso estavam a ser violadas, uma vez que este se destinava a mulheres casadas e Pushpika é divorciada.

Pushpika comemorava a vitória quando Caroline pegou o microfone do apresentador para denunciar a suposta violação da regra, afirmando que o resultado teria de ser invalidado.

Há uma regra que impede a vitória de mulheres que já tenham sido casadas e sejam divorciadas, então eu estou a tomar medidas para que a coroa vá para a pessoa que ficou em segundo lugar. Assim as regras do concurso estão a ser violadas", afirmou.

A vencedora acabou por sofrer ferimentos na cabeça. 

Veja o vídeo:

 

Lara Ferin