O Governo do Japão doou esta terça-feira 1,8 milhões de dólares (1,5 milhões de euros) a Moçambique para apoiar os deslocados devido a violência armada em Cabo Delgado, no norte do país, anunciou a embaixada em comunicado.

O montante foi doado através do Programa Alimentar Mundial (PAM) e deverá servir para assistência humanitária aos deslocados e pessoas vulneráveis das comunidades acolhedoras nas províncias de Cabo Delgado, Niassa, Nampula e Zambézia, referiu a embaixada nipónica no comunicado.

Esta contribuição do Governo do Japão permitirá ao PAM apoiar 25.158 pessoas, através de assistência alimentar em espécie”, acrescentou a embaixada.

Segundo o documento, a doação servirá ainda para “assistência alimentar mensal e incondicional de 7.616 refugiados e requerentes de asilo” no campo de Maratane, em Nampula.

Grupos armados aterrorizam a província de Cabo Delgado desde 2017, sendo alguns ataques reclamados pelo grupo Estado Islâmico. Há mais de 2.800 mortes, segundo o projeto de registo de conflitos ACLED, e 732.000 deslocados, de acordo com as Nações Unidas.

/ NM