A Polícia moçambicana deteve um cidadão suspeito de matar três crianças por envenenamento em Gaza, sul do país, disse hoje à Lusa o porta-voz da corporação naquela província.

O incidente ocorreu no domingo, quando o suspeito, de 30 anos, misturou inseticida com "molina" (um doce típico da região sul que mistura amendoim, açúcar e farinha de mandioca) com intenção de envenenar a sua esposa, explicou Carlos Macuacua.

O doce acabaria por ser consumido por quatro crianças, duas das quais eram seus filhos e as outras de famílias vizinhas na aldeia Fidel Castro, em Gaza.

"Este não é o primeiro caso de tentativa de envenenamento vindo deste senhor. Há dois anos ele tentou envenenar a sua família. Mas foi logo descoberto", acrescentou o porta-voz da PRM.

Três das crianças que consumiram o doce, com idades entre 2 e 4 anos, tiveram morte imediata e uma (de 6 anos) foi hospitalizada, segundo a fonte.

"A situação da criança hospitalizada é estável", afirmou Carlos Macuacua.