Duas das quatro pessoas que seguiam no carrinho da frente numa montanha russa em Daytona Beach, na Florida, caíram de uma altura de dez metros, quando o vagão descarillou e ficou pendurado a uma altura de dez metros do chão.

O acidente, cujas causas ainda estão a ser apuradas, ocorreu na quinta-feira à noite, na região balnear do estado norte-amaricano da Florida.

De acordo com as informações dos bombeiros locais, que se viram obrigados a usar escadas de incêndio para resgatar as pessoas presas nos primeiros carrinhos, seis das dez afetadas tiveram de ser levadas para o hospital.

Duas das quatro pessoas que seguiam no primeiro carrinho caíram, enquanto as restantes duas ficaram dependuradas, sendo resgatadas pelos bombeiros de Daytona Beach.

 

Queda de cabeça no chão

Uma testemunha que estava no parque de diversões na noite de quinta-feira contou à televisão local WKMG-TV que "duas pessoas caíram e bateram com a cabeça no chão".

O carrinho da frente, que tinha quatro passageiros, saiu completamente dos carris", referiu uma porta-voz dos bombeiros de Daytona Beach, acrescentando que "duas outras ficaram dentro do carro a balançar".

Além dos quatro ocupantes do primeiro carrinho, os bombeiros tiveram também de socorrer seis outros passageiros que estavam noutros dois vagões.

No imediato, as equipas de emergência não puderam adiantar o estado clínico dos feridos, nomeadamente dos dois que caíram de uma altura de dez metros.

Inspeção horas antes

As autoridades da Florida desconhecem ainda o que terá causado o descarrilamento dos carrinhos da montanha russa, que tinha sido inspecionada horas antes.

Os inspetores realizaram uma vistoria completa do equipamento e foi considerado que estava em conformidade com as regras da lei estadual", assegurou à imprensa Adam Putnam, comissário da Agricultura do estado da Florida.

O comissário assegurou "que quem tiver de ser responsabilizado será responsabilizado", mas falta apurar o que terá acontecido com a montanha russa Sand Blaster, um equipamento que já tinha 40 anos, quando ali foi instalada em agosto de 2013, segundo o jornal local, Daytona Beach News-Journal.