O chefe da máfia italiana Giuseppe Dainotti, de 67 anos, foi alvejado na cabeça, na segunda-feira, quando circulava de bicicleta nas ruas de Palermo, na Sicília, Itália.

Segundo a polícia italiana, Dainotti foi morto por dois homens que o abordaram numa mota.

Para as autoridades, o incidente mostra que a Cosa Nostra continua viva. Também o promotor de Palermo, Francesco Lo Voi, constatou o mesmo. 

Quando algumas pessoas afirmam que a máfia já não existe ou foi destruída, acontece algo que demonstra o contrário”, disse Lo Voi.

O assassinato aconteceu perto de uma escola.

Dainotti tinha sido libertado da prisão em 2014 depois de ter cumprido pena por homicídio. O último crime deste género ocorreu em 2010, quando um advogado foi espancado até à morte por membros de uma "família".