Um homem e uma mulher estão a ser acusados de homicídio depois de terem forçado uma criança de 8 anos a saltar em cima de um trampolim num dia de calor extremo, avançou a polícia do Estado norte-americano do Texas.

De acordo com o relatório policial divulgado à imprensa, a menina morreu de desidratação no dia 29 de agosto.

Daniel Schwartz, de 44 anos, e Ashley Schwartz, de 34 anos, foram acusados e detidos na segunda-feira. A polícia ainda não avançou a relação dos suspeitos com a menina, mas fontes familiares revelaram à imprensa norte-americana que os dois eram encarregados de educação da menina.

De acordo com o Departamento Policial do Texas, a temperatura dentro do trampolim chegava aos 44 graus Celsius. A menina terá morrido por causa de desidratação.

Daniel e Ashley Schwartz estão presos no Centro de Detenção do Condado de Ecton e aguardam julgamento com uma fiança de 500 mil dólares - 427 542,50 euros.