Espanha registou hoje o maior número de infeções de covid-19 desde o final de maio, com 2.935 novos casos nas últimas 24 horas, anunciou o Ministério da Saúde, ressalvando que o balanço inclui dados de Madrid relativos a quarta-feira.

Metade das pessoas a quem foi detetada a infeção nos últimos dias não apresenta sintomas, segundo avançou o epidemiologista Fernando Simon, em conferência de imprensa hoje realizada.

No total, Espanha soma 337.334 infetados desde o início da pandemia.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 749 mil mortos e infetou mais de 20,6 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.770 pessoas das 53.548 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

/ AM