Quatro pacientes de covid-19 que estavam internados no Hospital Municipal Doutor Nestor Piva, na cidade de brasileira de Aracaju, morreram esta sexta-feira devido a um incêndio no edifício, que obrigou ainda à transferência de mais 50 doentes.

Contactada pela Lusa, a assessoria de comunicação da Secretaria de Saúde de Aracaju confirmou quatro vítimas mortais, sem dar maiores detalhes.

O incêndio deflagrou cerca das 06:30 (10:30 em Lisboa) numa área dedicada ao atendimento de pacientes com covid-19.

Ainda não há informações sobre o que causou o incêndio, mas, segundo relatos de funcionários e do corpo de bombeiros, a principal suspeita é que o fogo tenha surgido no sistema de ar condicionado do hospital.

Esse incêndio pode ser considerado de grandes proporções devido às consequências. O problema maior foi a quantidade de fumaça acumulada na área covid-19 e a retirada das vítimas, que estavam acamadas", disse o capitão do corpo de bombeiros, Breno Queiroz, ao portal de notícias G1.

Quando o fumo começou a espalhar-se pelo hospital, os profissionais de saúde iniciaram de imediato a retirada dos doentes.

A imprensa local relatou que funcionários atenderam, no exterior do edifício, os pacientes enquanto aguardavam transferência para outras unidades de saúde.

Veículos e ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) levaram cilindros de oxigénio para as vítimas.

O prefeito de câmara de Aracaju, Edvaldo Nogueira, responsáveis da proteção civil, bombeiros e agentes das polícias acompanhavam a emergência causada pelo incêndio.

Assim que soube do incêndio ocorrido no Hospital Nestor Piva, vim até o local para acompanhar os trabalhos, prestar assistência aos pacientes e passar todas as orientações devidas para as equipas da prefeitura”, informou o prefeito de Aracaju em mensagem na rede social Twitter.

Num comunicado, a direção do Centro Médico do Trabalhador, responsável pela gestão do Hospital Doutor Nestor Piva, destacou que a situação foi controlada.

O local do incêndio já está sendo periciado e outro local já sendo providenciado com urgência para reabertura do hospital”, concluiu a nota.

O Brasil registou 456.674 óbitos e 16.342.162 infeções por covid-19 desde o início da pandemia.

/ CE