Os corpos de sete pessoas, cinco homens e duas mulheres, foram encontrados pela população numa mata da província de Nampula, norte de Moçambique, noticia o jornal O País.

Os residentes de um povoado da zona de Chinga, distrito de Murrupula, relatam ter ouvido uma viatura circular durante a noite de quinta-feira até junto ao local onde viria a ser feita a descoberta, uma zona pouco povoada, no meio do mato, a cerca de 70 quilómetros da sede de distrito e só acessível por trilhos em terra batida.

Segundo a população, os corpos estavam abandonados no terreno, sem sinais de violência, e, apesar de tentarem perceber quem eram, nenhum dos residentes os reconheceu.

Ainda de acordo com o relato registado no povoado pelo jornal O País, as autoridades foram chamadas ao local e os corpos foram enterrados numa vala comum, no sábado.

A Lusa tentou obter esclarecimentos junto da Polícia da República de Moçambique (PRM) de Nampula, que referiu estar ainda a averiguar o assunto.