Subiu para 41 o número de mortos no acidente com um avião da companhia Aeroflot que, no domingo, se incendiou durante uma aterragem de emergência no aeroporto de Sheremetyovo, em Moscovo, na Rússia.

Entre as vítimas estão duas crianças, de acordo com o último balanço feito pelas autoridades russas.

A imprensa russa adianta que o avião de passageiros Sukhoi Superjet-100 se incendiou depois de ter feito uma aterragem de emergência.

A bordo do aparelho seguiam 73 passageiros e cinco elementos da tripulação. Apenas 37 conseguiram salvar-se das chamas.

Segundo a agência Ria Novosti, o avião de passageiros fazia a rota entre Moscovo e Murmansk (norte da Rússia) e um mau funcionamento elétrico pode ser a causa do incêndio durante o voo.