Uma múmia com cerca de 800 anos foi decapitada numa igreja da Irlanda. O insólito aconteceu na cripta da Igreja de St. Michan, em Dublin, na Irlanda, que foi vandalizada esta semana. 

A múmia decapitada tem cerca de 800 anos e serão os restos mortais de um soldado que participou nas Cruzadas, de acordo com as informações divulgadas pela igreja.

Os restos mortais de uma freira com cerca de 400 anos também foram profanados.

Estes atos de vandalismo foram descobertos na segunda-feira e estão a ser investigados pela polícia local.

O arcebispo de Dublin, Diarmuid Martin, mostrou-se chocado com o sucedido.

Não só profanaram esta cripta sagrada como destruíram estas múmias históricas que foram preservadas durante centenas de anos na Igreja de St. Michan”, destacou o arcebispo, em comunicado.

No mesmo texto, o arcepisbo apelou a que os larápios devolvam a cabeça do soldado.

O ediífcio da Igreja de St. Michan data do século XVII, sendo que há partes que remontam ao século XI, período durante o qual ocorreram as primeiras Cruzadas.

As múmias que se encontram na cripta da igreja são atrações turísticas para muitos visitantes.