Uma mulher de 20 anos, do Bangladesh, deu à luz um par de gémeos 26 dias depois de ter tido o primeiro filho. Os médicos, e a mãe, descobriram já quase na hora do parto que a mulher tem dois úteros e, por isso, teve duas gravidezes quase em simultâneo. Todos ficaram surpreendidos com o segundo nascimento.

Arifa Sultana Iti, de uma família humilde, sem acesso aos cuidados básicos durante a gravidez, deu entrada no hospital universitário Khulna, perto de Jessore, no dia 25 de fevereiro por complicações.

Poucas horas mais tarde, nasceu um menino, prematuro, de parto normal. Dias depois, regressou a casa com o bebé, sem que ninguém suspeitasse de que havia um segundo útero, também ele com bebés. Dois bebés.

Foi então 26 dias mais tarde que voltaram a rebentar as águas à mulher, levando-a ao hospital novamente, no dia 22 de março, conta o The Telegraph.

Ela não sabia que ainda estava grávida, desta vez com os gémeos”, contou à agência France Presse a ginecologista chefe do hospital, Sheila Poddar.

Uma ecografia, que a mulher nunca tinha feito, nem mesmo durante a primeira gravidez por falta de recursos financeiros, revelou que no corpo de Arifa há dois úteros, cada um com uma gestação a decorrer, quase em simultâneo.

Através de uma cesariana, e menos de um mês depois do nascimento do rapaz, nascem os gémeos: um menino e uma menina.

O primeiro rapaz nasceu de um útero e os gémeos de outro”, explicou a médica Poddar, acrescentando que este é um acontecimento raro, que ela nunca tinha visto.

Os três bebés e a mãe saíram do hospital na passada terça-feira e espera-se que se desenvolvam com normalidade em casa.

João Ferreira Pelarigo