O desmoronamento de uma plataforma interior num clube noturno na Coreia do Sul causou hoje dois mortos e vários feridos, entre os quais atletas estrangeiros que participam no campeonato do mundo de natação.

Ao todo, 370 pessoas estavam no clube, na cidade de Gwangju, no sul do país, quando ocorreu o acidente, indicaram as autoridades locais.

Dois sul-coreanos morreram e entre os 16 feridos contavam-se nove atletas estrangeiros: quatro norte-americanos, dois neo-zelandeses, um holandês, um italiano e um brasileiro.

A federação de polo aquático dos Estados Unidos confirmou que vários atletas, que não identificou, ficaram feridos quando comemoravam a vitória da seleção feminina na final contra Espanha, na sexta-feira.

"É uma tragédia horrível", afirmou, em comunicado, o dirigente da federação, Christopher Ramsey.

"Todos os atletas da equipa de polo aquático norte-americana estão a salvo e foram localizados", acrescentou.

Na estrutura que ruiu, situada a 2,5 metros de altura, encontrava-se uma centena de pessoas. As primeiras pesquisas apontam para excesso de peso para a causa do acidente.

/ CM