Foi detido na Rússia Eduardo Fauzi, o suspeito do ataque à sede da produtora brasileira Porta dos Fundos.

A sede da produtora foi atacada com cocktails molotov a 24 de dezembro do ano passado, depois de ter sido emitido na Netflix um episódio especial de Natal em que Jesus era retratado como homossexual.

Não houve vítimas e a investigação apontou para o envolvimento de cinco pessoas, incluindo Eduardo Fauzi, identificado pela polícia como sendo um dos autores materiais do ataque.

O homem saiu do Brasil pouco tempo depois e foi alvo de um mandado de captura internacional que agora levou à sua detenção na Rússia.

As autoridades brasileiras já pediram a extradição do suspeito.

Verónica Ferreira