Muitos utilizadores de um parque naturista de Paris, França, estão a queixar-se de que há pervertidos sexuais a estragar o bom ambiente do local.

A zona naturista foi criada em 2017 no parque Bois de Vincennes. Quem pratica esta atividade pode estar livremente nesta área, sem apanhar multas por nudez em espaço público.

À entrada, há um sinal com uma mensagem clara: não é tolerado nenhum comportamento inapropriado. Mas, aparentemente, esta regra não tem sido cumprida.

Muitos naturistas têm-se queixado da presença de exibicionistas e “voyeurs” - indivíduos que tiram prazer em observar atos sexuais ou atos íntimos de outras pessoas.

Há voyeurs e exibicionistas a incomodarem muitas mulheres… e claro elas ficam com medo. Às vezes, ainda vem uma unidade da polícia, mas se eles não apanham ninguém em flagrante não podem fazer nada”, afirmou Bernard, um utilizador do parque, ao jornal Le Monde.

Outros utilizadores afirmaram mesmo que há “pervertidos sexuais” que se escondem em arbustos do parque.

Catherine Baratti-Elbaz, autarca do 12.º bairro parisiense, afirmou que foi pedido à polícia que intensificasse as patrulhas nesta zona, depois de vários relatos de “voyeurismo e exibicionismo”, mas o comissário da polícia, Hugo Arer, disse que a força de segurança ainda não recebeu queixas formais este ano.

O presidente da Associação de Naturistas de Paris, Laurent Luft, que participou na escolha de Bois de Vincennes como local para a atividade, disse que os problemas estão a ser exagerados.

Depois de ter ouvido estas queixas falei com um amigo, homem, que vai lá todos os dias e ele disse-me que nunca viu nada sórdido ou atividades que não correspondem à ideia de naturismo.”

O responsável admitiu, porém, que a experiência pode ser diferente para as mulheres.

Se eu fosse mulher não sei se iria lá, mas tenho várias amigas mulheres que vão. Qualquer área nudista é como uma praia e até praias vulgares, com mulheres em biquinis, atraem homens frustrados", frisou.

França é um dos destinos preferidos dos naturistas, com cerca de 4,7 milhões de nudistas. Destes, 2,1 milhões são franceses.